Translate

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Campeonato Nacional XCO





Foi no passado fim-de-semana que decorreu em Rio de Mouro o Campeonato Nacional de XCO 2012, é a prova onde toda a gente quer estar no seu melhor e eu não sou excepção, queria ser tricampeão nacional mas não foi possível…
A pista era muito fechada, sem zonas para ultrapassar o que obrigava a um bom arranque e com subidas e descidas novas com um piso um bocado solto em certas zonas.
Arranquei bem, sempre a controlar os meus adversários pois eram 4 voltas não havia necessidade de correr riscos e colocar o título nacional em perigo. No final da primeira volta seguia em segundo e na última descida infelizmente tive uma queda que me obrigou a desistir. Fiquei muito triste com esta situação toda porque perdi a oportunidade de revalidar o título por uma coisa que eu não posso controlar (não fosse aquela maldita pedra rebolar no momento em que a piso e torcer a direcção projectando-me pela frente da bicicleta e rebentando com o pneu da frente e a historia seria bem diferente). Ainda fui a correr ate a zona técnica logo a seguir a meta mas o pneu estava mesmo sem ar nenhum e cortado…fico ainda mais triste por ponderar em que zona é que colocava as rodas suplentes e optar por colocar na outra zona onde pensava eu haver mais probabilidade de furar.
É chato quando se treina com objectivos sérios e não os conseguimos atingir por causa de coisas que não podemos controlar…ficou assim um título nacional e 40 pontos UCI por conquistar.
Agora é olhar para a frente e preparar os próximos objectivos com garra e motivação!
Tenho que agradecer aos meus patrocinadores, à minha equipa, ao meu treinador, à minha família e a todos os que me apoiam por estarem comigo.



Mário Costa

5 comentários:

  1. Escrever sobre as vitórias é fácil, mas escrever e relatar os derrotas é o mais difícil. Parabéns por este post, parabéns pela tua participação no campeonato nacional, porque és um jovem atleta com grande qualidade desportiva e se algum teu colega adversário fica à tua frente será de certeza muito valorizado por essa conquista, até mesmo que seja por motivos que por vezes não controlamos como o disseste e assim aconteceu neste campeonato.
    Parabéns e continua assim a relatar as tuas sensações e experiências. E acredita que na vida há muitas mais derrotas do que vitórias e não é por isso que as pessoas te vão deixar de admirar, na minha opinião até pelo contrário porque acima de tudo são estas experiências como escrevestes que fazem a realidade da vida do desportista e que fazem as pessoas motivarem-se para praticar e continuar no desporto.

    Um abraço
    V.Santos

    ResponderEliminar
  2. Nem sempre as coisas correm como desejamos, mas há que levantar a cabeça e seguir em frente. Outras corridas virão!

    ResponderEliminar
  3. Por estas e por outras é que nunca achei grande piada ao campeonato nacional.
    Uma única prova destacar um atleta durante 1 ano???

    Não stress com esta corrida, pois és muito novo e tens um "grande motor". Concentrate no futuro e acredita em melhores dias. ;D

    Um Abraço

    ResponderEliminar